segunda-feira, 27 de outubro de 2008

A Carta




Hoje.... que o amanhã seja diferente...

Que a luta pela vida alheia venha depois de sabermos por que queremos nossa própria vida... Não por egoísmo, mas por sinceridade, só assim nossa luta será honesta...

Me parece até com um pouco de covardia, de culpa demais, não auto delegar o direito de ser feliz... Não é pecado moral, ou algo que o valha reconhecer o Sol, as nuvens, os dias de frio, os campos, os oceanos, as crianças nos quintais, os casais na praça... O amor ainda pode ser de graça e para todos... A comida infelizmente é falta para muitos... Mas o amor, o reconhecimento, o porquê, isso é para raros...

O amor solitário, o amor pela paz de um cigarro no final do dia de trabalho, pelo deitar cansado, mas cansado de tanto amar a vida, para que a nossa luta continue, sempre, seja qual for o caminho que resolvemos traçar....

Que amemos nossa própria frustração, para que ela alimente o próximo êxito, nos de força para nossa próxima batalha... E que nós acreditemos nas mudanças que façamos por menores que elas sejam...

Não é fácil, mas acho que vale a pena, sou covarde demais pra desistir.... E nada de maniqueísmo, não somos unânimes em nossas verdades.

Cláudio
Sem data
Crédito Foto
http://voupracasamasnaoja.blogspot.com/

5 comentários:

clau disse...

Hermano,querido
Uma carta sem data.Uma carta atemporal, feito criança brincando no quintal!
Essa última, só fez aguçar meu desejo de ver publicadas suas lindas correspondências aqui no blog!
Amo-te =)

Vanessa disse...

"Que amemos nossa própria frustração, para que ela alimente o próximo êxito, nos de força para nossa próxima batalha..."

Gostei!!!!

Fadul disse...

Maravilhoso texto! "que nós acreditemos nas mudanças que façamos por menores que elas sejam..." "sou covarde demais pra desistir...". Como dizia Renato Russo: "não me entrego sem lutar, tenho ainda coração, não aprendi a me render, que caia o inimigo então"

Maga disse...

Amar não é facil, logo não são todos que têm essa incrível disposição de entender, compreender e praticar o amor!!! É por essas e outras que muitos desistem no meio do caminho e optam por outras direções!!!
Bela dupla de escritores... Amei! rs
Um grande beijo, meu querido!!!

Anônimo disse...

Puxa Cláudio, adorei ler sua carta! Teve a mim alvo certeiro nesse momento de busca pela significação de minha vida....
Dri